Oferta!

Não Apagueis o Espírito

R$49,90 R$29,90

Introdução
Capítulo 1: Fogo Estranho ou Fogo Santo!
Capítulo 2: Perdas do Apagar do Espírito
Capítulo 3: O Retorno do Espírito que se Apagara!
Capítulo 4: Não Apagueis o Fogo do Espírito!
Capítulo 5: Não Apagueis a Obra do Espírito!
Capítulo 6: O Que Pode Apagar o Fogo do Espírito Santo?
Capítulo 7: Áreas nas quais não devemos apagar o Fogo do Espírito!
Conclusão

Categorias: ,

Descrição

Nestas mensagens reunidas neste livro pretendo alertar a igreja de Cristo sobre o perigo de apagar o Espírito Santo, o fogo de Sua obra e o fogo de seus carismas (dons) em nossas congregações locais.
A exortação paulina de 1ª Tessalonicenses 5.19 sobre não apagar o Espírito Santo é pertinente para todo o período da igreja. Se na época apostólica houve a possibilidade de suprimir ou apagar o Espírito, eu não tenho dúvidas de que hoje essa possibilidade ainda é maior. Por isso, minha exortação consiste nas palavras de Paulo: Não apagueis os carismas e o fogo do Espírito Santo!
Você perceberá que desde o Antigo Testamento o Espírito Santo vem trabalhando para levar o ser humano de volta a Deus, mas infelizmente a humanidade tende a apagar a ação do Espírito em suas vidas.
Apesar disso, o Espírito Santo veio sobre homens e mulheres piedosos que se tornaram grandes líderes do povo de Israel. Um deles, Moisés, desejou que o Espírito viesse sobre todo o povo de Deus tornando-o uma comunidade de profetas às nações.
Por meio do profeta Joel, Deus prometeu que Seus filhos e Suas filhas se tornariam uma comunidade profética por meio do derramamento do Espírito.
Essa profecia se cumpriu no dia de Pentecostes, conforme o próprio Pedro salientou (Atos 2.16-18). Doravante, o Novo Testamento demonstra como Deus usou homens e mulheres no ministério profético.
Todavia, por volta da década de 50 do primeiro século, o apóstolo Paulo escrevendo aos irmãos em Tessalônica os adverte sobre o perigo de apagar o Espírito Santo desprezando o ministério profético.
Esse alerta continua tão importante quanto à época em que foi emitido. Por isso, mais uma vez eu exorto você a não apagar o fogo do Espírito Santo!

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Não Apagueis o Espírito”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Whats
Precisa de ajuda?